domingo, 28 de fevereiro de 2010

QUEM REALMENTE AMA...



O amor é uma doação e não uma exigência.

Quem realmente ama, dá tudo e nada pede.

Quem pede e exige da pessoa que diz amar demonstra que verdadeiramente não ama:

ao contrário, revela o egoísmo em alto-grau.


Amar não é receber, é dar.


Não é pedir, mas propocionar felicidade desinteressadamente.

O melhor exemplo de amor é o das mães, que sabem amar com renúncia.

(C. Torres Pastorino)

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

DIANTE DA CONSCIÊNCIA...




A vontade do Criador, na essência, é, para nós, a atitude mais elevada que somos capazes de assumir, onde estivermos, em favor de todas as criaturas.


Que vem a ser, porém, essa atitude mais elevada que estamos chamados a abraçar,

diante dos outros?




Sem dúvida, é a execução do dever que as leis do Eterno Bem nos preceituam



para a felicidade geral, conquanto o dever adquira especificações determinadas,

na pauta das circunstâncias.

Vejamos alguns dos nomes que o definem, nos lugares e condições em que somos



levados a cumpri-lo :



na conduta — sinceridade;


no sentimento — limpeza;


na idéia — elevação;



na atividade — serviço;

no repouso — dignidade;


na alegria — temperança;


na dor — paciência:



no lar — devotamento;


na rua — gentileza:


na profissão — diligência;


no estudo — aplicação:


no poder — liberalidade;


na afeição — equilíbrio;


na corrigenda — misericórdia;


na ofensa — perdão;


no direito — desprendimento:


na obrigação — resgate:


na posse — abnegação:


na carência — conformidade;


na tentação — resistência;


na conversa — proveito;


no ensino •— demonstração;


no conselho — exemplo.


Em qualquer parte ou situação, não hesites quanto à atitude mais elevada a que nos achamos intimados pelos Propósitos Divinos, diante da consciência.


Para encontrá-la, basta procures realizar o melhor de ti mesmo, a benefício dos outros, porquanto, onde e quando te esqueces de servir em auxílio ao próximo, aí surpreenderás a vontade de Deus que, sustentando o Bem de Todos, nos atende ao anseio de paz e felicidade, conforme a paz e a felicidade que oferecemos a cada um.


(Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira/Emmanuel e André Luiz)

O PODER DA MIGALHA...


Não desprezes o poder da migalha na obra do auxílio.


O prato simples que partilhas com o irmão em penúria não resolve o problema da fome; entretanto, ele em si não é apenas favor providencial para quem o recebe, mas também mensagem de fraternidade expedida na direção de outras almas, que se inclinarão a repartir as alegrias da mesa.


A peça de roupa com que atendes ao viajor, estremunhado de frio, não extingue o flagelo da nudez; todavia, ela em si não constitui apenas valioso abrigo para quem a recolhe, mas também apelo silencioso aos amigos que esperam, unicamente, um sinal de amor para se entregarem aos júbilos do serviço.


Acontece o mesmo com a moeda humilde que, ajustada à beneficência, faz pensar no valor da cooperação, e com o livro edificante que, funcionando no apoio a companheiros necessitados de esclarecimento e consolo, nos obriga a meditar no impositivo da cultura espiritual.


Em muitas circunstâncias, é um gesto só de tua compreensão que salvará alguém de calamidade iminente e, em muitos casos, uma só frase de tua parte

representa a segurança de comunidades inteiras.



Bem-aventurado todo aquele que estende milhões à supressão dos problemas de natureza material e bem-aventurado todo aquele que cede algo de si próprio, a benefício dos outros, ainda que seja tão-somente uma palavra de bênção para o conforto de uma criança esquecida.

Não desprezes o poder da migalha na obra do auxilio.


Por dádiva de sustentação e misericórdia para felizes e infelizes, sábios e ignorantes, justos e injustos, Deus entrega o Sol por atacado, mas por dom inefável, capaz de conduzir as criaturas com harmonia e discernimento, no rumo das perfeições divinas, Deus dá o tempo, trocado em miúdo, através das migalhas dos minutos, iguais para todos.



O coração humano é comparável a cofre repleto de riquezas incalculáveis, e ninguém o possui impenetrável ou inacessível... Habitualmente, resistirá a golpes de martelos, à ação de gazuas e até mesmo ao impacto de explosivos e provas de fogo; mas, quase sempre, é a tua migalha de humildade e paciência, bondade e cooperação que simboliza a chave capaz de abri-lo.



(Emmanuel e André Luiz /Chico Xavier e Waldo)

Do livro Estude e Viva

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

FATORES DE EQUILÍBRIO...



Traduzindo benevolência por fator de equilíbrio, nas relações humanas, vale confrontar as atitudes infelizes como os obstáculos pesados que afligem o espírito, na caminhada terrestre.

Aprendamos a sinonímia de ordem moral, no dicionário simples da natureza:

Crítica destrutiva - labareda sonora.


Azedume - estrada barrenta.


Irritação - atoleiro comprido.


Indiferença - garoa gelada.


Cólera - desastre à vista.



Calúnia - estocada mortal.


Sarcasmo - pedrada a esmo.

Injúria - espinho infecto.


Queixa repetida - tiririca renitente.



Conversa desnecessária - vento inútil.


Preconceito - fruto bichado.


Gabolice - poeira grossa.


Lisonja - veneno doce.


Engrossamento - armadilha pronta.


Aspereza - casca espinhosa.


Pornografia - pântano aberto.


Despeito - serpente oculta.


Melindre - verme dourado.


Inveja - larva em penca.



Pessimismo - chuva de fel.

Espiritualmente, somos filtros do que somos.

Cada pessoa recebe aquilo que distribui.

Se esperamos pela indulgência alheia, consignemos as manifestações que nos pareçam indesejáveis e, evitando-as com segurança, saberemos cultivar a benevolência, no trato com o próximo, para que a benevolência nos seja auxílio incessante, através dos outros.


(Emmanuel e André Luiz/Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira)



PROFILAXIA...



Se a maledicência visita o seu caminho, use o silêncio antes que a lama revolvida

se transforme em tóxicos letais.

Se a cólera explode ao seu lado, use a prece, a fim de que o incêndio não se comunique

às regiões menos abrigadas de sua alma.

Se a incompreensão lhe atira pedradas, use o silêncio, em seu próprio favor,

imobilizando os monstros mentais que a crueldade desencadeia

nas almas frágeis e enfermiças.

Se a antipatia gratuita surpreende as suas manifestações de amor, use a prece,

facilitando a obra da fraternidade, que o Mestre nos legou.

O silêncio e a prece são os antídotos do mal, amparando o Reino do Senhor,

ainda nascente no mundo.

Se você pretende a paz no setor de trabalho que Jesus lhe confiou, não se esqueça dessa profilaxia da alma, imprescindível à vitória sobre a treva e sobre nós mesmos.

(Francisco Cândido Xavier/ André Luiz )

A MOCHILA E AS PEDRAS...


Um fervoroso devoto estava atravessando uma fase muito penosa de sua vida, com graves problemas de saúde em família e sérias dificuldades financeiras.



Por isso orava diariamente pedindo que o livrassem de tamanhas atribulações.


Um dia, enquanto fazia suas preces, um anjo lhe apareceu, trazendo-lhe uma mochila

e a seguinte mensagem:

O Senhor se compadeceu da sua situação e lhe manda dizer que é para você colocar nesta mochila o máximo de pedras que conseguir, e carregá-la com você, em suas costas, por um ano, sem tirá-la por um instante sequer.



Manda também lhe dizer que, se você fizer isso, no final desse tempo, ao abrir a mochila,

terá uma grande alegria.



E desapareceu, deixando o homem bastante confuso e revoltado.


"Como pode o Senhor brincar comigo dessa maneira?



Eu oro sem cessar, pedindo a Sua ajuda, e Ele me manda carregar pedras?



Já não me bastam os tormentos e provações que estou vivendo? "



Pensava o devoto.



Mas, ao contar para sua mulher a estranha ordem que recebera do Senhor, ela lhe disse que talvez fosse prudente seguir as determinações dos Céus, e concluiu dizendo:


Deus sempre sabe o que faz...


O homem estava decidido a não fazer o que o Senhor lhe ordenara, mas, por via das dúvidas resolveu cumpri-la em parte, após ouvir a recomendação da sua mulher.



Assim, colocou duas pedras pequenas, dentro da mochila e carregou-a nas costas

por longos doze meses.


Findo esse tempo, na data marcada, mal se contendo de tanta curiosidade, abriu a mochila conforme as ordens do Senhor e descobriu que as duas pedras que carregara nas costas por um ano inteiro tinham se transformado em pepitas de ouro...

apenas duas pequenas pepitas.


Todos os episódios que vivemos na vida, inclusive os piores e mais duros de se suportar, são sempre extraordinárias e maravilhosas fontes de crescimento.


Temendo a dor, a maioria se recusa a enfrentar desafios, a partir para novas direções,

a sair do lugar comum, da mesmice de sempre.

Temendo o peso e o cansaço, a maioria faz tudo para evitar situações novas, embaraçosas,

que envolvam qualquer tipo de conflito.


Mas aqueles que encaram para valer as situações que a vida propõe,

aqueles que resolvem "carregar as pedras" com Amor, ao invés de evitá-las,

negá-las ou esquivar-se delas, esses alcançam a plenitude do viver e transformam,

com o tempo, o peso das pedras que transportaram em peso de sabedoria.


Como está sua mochila?

(Autor desconhecido)

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

APELO DE AMIGO...




Não se deprecie.

Não diga que você não merece a bênção de Deus.

Atendamos à realidade.



Se a Divina Providência não confiasse em você, não teria você em mãos
tarefas importantes quanto estas:

*uma criatura querida a proteger;


*alguém a instruir;


*uma casa a sustentar;


*um doente para assistir;


*uma profissão a exercer;


*esse ou aquele encargo, mesmo dos mais simples;


*algum ensinamento a compor;


*essa ou aquela atividade de auxílio aos semelhantes;


*algum trato de terra a cultivar;


*determinada máquina para conduzir.

Se a sabedoria da Vida nada esperasse de você não lhe teria dado tantos
recursos, quais sejam:

*a inteligência lúcida que auxilia a discernir o certo do errado;


*a noção do bem e do mal;


*as janelas dos cinco sentidos;


*a capacidade mental cujas manifestações você pode aprimorar ao infinito,


empregando o esforço próprio;


*a visão do corpo e da alma com que você realiza prodígios de

observação e de análise;


*a palavra, que você é capaz de educar, e com a qual você encontra as
maiores possibilidades de renovar o próprio destino;


*a audição com que recolhe mensagens de todos os setores da existência tão
só pelo registro de sons diferentes;


*as mãos que lhe complementam os braços,

expressando-se por antenas hábeis de serviço;


*as faculdades genésicas que, iluminadas pelo amor e dirigidas pelo senso
de responsabilidade, lhe conferem poderes incomparáveis de criatividade nos
domínios do corpo e do espírito;


*os pés que transportam você, atendendo-lhe a vontade.

Se você detém maiores áreas de ação ou usufrui vantagens mais amplas,

no que se reporta aos encargos e benefícios aqui relacionados,

então você já obteve significativas promoções nos quadros da vida.

Quanto a imperfeições ou deficiências que ainda nos marquem, convém
assinalar que estamos em evolução na Terra, sem sermos espíritos perfeitos.

Reflitamos nisso e aceitemo-nos como somos, procurando melhorar-nos e,

ao melhorar-nos, estamos construindo o caminho certo para a Espiritualidade Maior.

(Francisco Cândido Xavier/André Luiz)

AMOR...



Feliz daquele que ama a vida em toda sua extensão, libertando-se de qualquer preconceito, irradiando apenas a luz natural de se alegrar com todos aqueles que estão ao seu lado, ignora os erros em seu semelhante, dando o seu coração, em troca de uma Amizade sincera e eterna...


De pessoas assim, poderemos obter o exemplo, do que é realmente saber viver...


(ANGELS)

“O AMOR é paciente; é brando e benfazejo;


O AMOR não é invejoso; não é temerário, nem precipitado; não se enche de orgulho;


- não é desdenhoso; não cuida de seus interesses; não se agasta,


nem se azeda com coisa alguma; não suspeita mal;


não se rejubila com a injustiça, mas se rejubila com a verdade; tudo suporta,


tudo crê, tudo espera, tudo sofre.


Agora, estas três virtudes:



A FÉ,


A ESPERANÇA E


O AMOR


permanecem; mas, dentre elas, a mais excelente é o AMOR.


(S. PAULO, 1ª Epístola aos Coríntios)

"Quem dá recolhe a felicidade de ver a multiplicação daquilo que deu.



Oferece a gentileza e encorajarás a plantação da fraternidade.



Estende a bênção do perdão e fortalecerás a justiça.



Administra a bondade e terás o crescimento da confiança.


Dá o teu bom exemplo e garantirás a nobreza do caráter.


Os recursos da Criação são distribuídos pelo Criador com as Criaturas, a fim de que em doação permanente se multipliquem ao Infinito.


Serás ajudado pelo Céu, conforme estiveres ajudando na Terra.


Possuímos aquilo que damos.

Não te esqueças, pois, de que és mordomo da vida em que te encontras.


Cede ao próximo algo mais que o dinheiro de que possas dispor.



Dá também teu interesse afetivo, tua saúde, tua alegria e teu tempo e, em verdade,

entrarás na posse dos sublimes dons do amor, do equilíbrio, da felicidade e da paz,

hoje e amanhã, neste mundo e na vida eterna.”


(Emmanuel /Francisco Cândido Xavier)

ACEITE...


Aceite a cooperação de outrem.

Quem sabe ser individualista, possui visão moral defeituosa
a respeito da sua tarefa na Terra.

Elabore seus programas com antecipação.

Quem sabe ser prudente está preparado para o êxito como para
o insucesso, mantendo-se tranqüilo em qualquer circunstância.

Não faculte perder uma oportunidade
de proveito superior.

Quem sabe utilizar o momento, adquire vasto patrimônio de tempo,
que não se repete.

Não ocorrendo suceder o seu trabalho, conforme esperava,
conserve a serenidade.

Quem sabe manter-se calmo ante o imprevisto, supera o problema
e domina a situação.

"O cristão é alguém que insiste na edificação da verdade, mas que, para tanto, não zurze o látego, não empunha a espada, não movimenta a chibata, não impõe..."

(Marco Prisco/Divaldo Pereira Franco)

RESPOSTA EM JESUS...



Recorda que todos os desafios do mal devem encontrar no campo de nossas almas

a resposta em Jesus.

Para o sarcasmo a resposta é caridade em forma de silêncio.

Para a calúnia a resposta é caridade em forma de perdão.

Para o egoísmo a resposta é caridade em forma de renúncia.

Para o fanatismo a resposta é caridade em forma de tolerância.

Para a ingratidão e resposta é caridade em forma de esquecimento.

Para a preguiça a resposta é caridade em forma de trabalho.

Para a tentação a resposta é caridade em forma de resistência.

Para a ignorância a resposta é caridade em forma de educação.

Para a violência a resposta é caridade em forma de brandura.

Para o crime a resposta é caridade em forma de socorro às vítimas de delinqüência.

Para as trevas a resposta é caridade em forma de luz.

Para todos os processos de atividade inferior a resposta é caridade em forma de auxílio

à criação do melhor.

Em qualquer problema no caminho da vida, a resposta cristã será sempre desfazer a força do mal pela força do Bem.

(Francisco Cândido Xavier /EMMANUEL)

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

TEU LIVRO...

Fotorkut

A existência na Terra
é um livro que estás escrevendo.

Cada dia é uma página.

Cada hora é uma afirmação de tua personalidade,
através das pessoas e
das situações que te buscam.

Não menosprezes o ensejo
de criar uma epopéia de amor
em torno de teu nome.


As boas obras são frases de luz
que endereças à humanidade inteira.

Em cada resposta aos outros,
em cada gesto para com os semelhantes,
em cada manifestação dos teus pontos de vista
e em cada demonstração de tua alma,
grafas com tinta perene, a história de tua passagem.

Nas impressões que produzes,
ergue-se o livro dos teus testemunhos.


A morte é a grande colecionadora que recolherá
as folhas esparsas de tua biografia,
gravada por ti mesmo, nas vidas que te rodeiam.

Não desprezes, assim, a companhia da indulgência,
através da senda que o Senhor te deu a trilhar.

Faze uma área de amor ao redor do próprio coração, porque só o amor

é suficientemente forte e sábio
para orientar-te a escritura individual,
convertendo-a em compêndio de auxílio e esperança
para quantos te seguem os passos.

Vive, pois, com Amor, na intimidade do coração,
não te afastes dele em tuas ações de cada dia
e o livro de tua vida converter-se-á num poema
de felicidade e num tesouro de bênçãos.

(Emmanuel/Francisco Cândido Xavier)

FIDELIDADE...



Sem dúvida, não nos pede o Senhor votos reluzentes na boca, nem promessas brilhantes.

Jesus não necessita nem mesmo das nossas afirmações labiais de fé, nem tampouco de manifestações adorativas.


Conta, sim, com a nossa fidelidade, sejam quais forem as circunstâncias.

Se o dia resplende o céu azul, tenhamos a coragem de romper com todas as sugestões de conforto próprio, avançando à frente. . .


Se a tempestade relampeia no teto do mundo, cultivemos bastante abnegação para sofrer o granizo e o vento, demandando o horizonte que nos cabe atingir.


De todos os lados, invariavelmente, chegarão apelos que nos convidam à deserção.


Elogios e injúrias, pedrada e incenso aparecerão, decerto, como procurando entorpecer-nos a consciência, no entanto, a cavaleiro de uns e outros, é imperioso recordar o Divino Mestre, na pessoa do próximo, e buscá-lo sem pausa, através do bem incessante.

Somos poucos; no entanto, com Ele no coração, teremos o suficiente para executar

as obrigações com que fomos honrados.

Saibamos conservar a fidelidade, como quem alça ininterruptamente a luz nas trevas,

pois que, em muitos lances da vida, precisamos muito mais de lealdade no espírito

que de pão para o corpo.


Para que semelhante vitória nos coroe o caminho, tanta vez solitário e espinhoso,

o segredo é suportar, e o lema é servir.


(B ATUIRA)



quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

PROBLEMAS E SOLUÇÕES...


Quando surge um problema, você tem duas alternativas:


ou fica se lamentando, ou procura uma solução.


Nunca devemos esmorecer diante das dificuldades.


Os fracos se intimidam.


Os fortes abrem as portas e acendem as luzes.

(Dalai Lama )
***
Você é reflexo do que pensas diariamente.


Pare de pensar mal de você mesmo, e seja seu melhor amigo sempre.

Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar.


Então abra um sorriso para aprovar o mundo que te quer oferecer o melhor.

Com um sorriso no rosto as pessoas terão as melhores impressões de você, e você estará afirmando para você mesmo que está "pronto" para ser feliz.

Agradeça tudo que está em sua vida nesse momento, inclusive a dor.

Nossa compreensão do universo, ainda é muito pequena para julgar

o que quer que seja na nossa vida.

(Paulo Roberto Gaefke)

SABER AGRADECER...



Muitos de nós costumamos reclamar das dificuldades do mundo, mas será que temos pensado nas facilidades que são colocadas em nossas mãos?

Apressamo-nos em quitar a conta de luz elétrica para não pagar a multa cobrada pelo atraso. Todavia, a usina solar que nos fornece claridade, calor e vida,
não é lembrada em nossa conversa diária.

Reclamamos quando pagamos a conta de água encanada, mas sequer nos lembramos da gratuidade da água das chuvas e das fontes cristalinas que enriquecem a vida.

Gastamos elevada soma de dinheiro na aquisição de gêneros alimentícios que nos atendam ao paladar, contudo, o oxigênio, elemento mais importante a sustentar-nos o organismo, é utilizado em nosso sangue sem pesar-nos no orçamento.

Despendemos altos valores para renovar o guarda-roupa, e apesar disso, não nos lembramos o quanto devemos ao corpo de carne a resguardar-nos o espírito.

Remuneramos muito bem o profissional especializado pela adaptação de um só dente artificial; entretanto, nada tivemos que pagar para obter a dentadura natural completa. . .

Pagamos pelas drágeas medicamentosas para acalmar leve dor de cabeça, e esquecemos de que recebemos de graça a faculdade de pensar.

Pagamos altas quantias para assistir a um espetáculo esportivo ou artístico, contudo, podemos contemplar de graça o solo cheio de flores e o céu faiscante de estrelas...

Para ouvir as melodias de uma orquestra qualquer,

temos que desembolsar quantia significativa, no entanto,

ouvimos diariamente a divina música da natureza, sem consumir um único centavo...

Observando essas pequenas situações, nos daremos conta de que temos mais para agradecer do que para reclamar.

O que normalmente ocorre, é que o hábito de agradecer ainda não faz parte de nós.

Conforme a recomendação de Paulo, o apóstolo, devemos dar graças por tudo.

Um dia, uma senhora ouviu um orador fazer essa recomendação e logo que ele concluiu sua fala, ela aproximou-se dele e lhe falou:

Ah, meu amigo, como é que eu posso dar graças por tudo, se a minha mãe está internada num hospital há meses, fazendo tratamentos dolorosos?

Pense, minha amiga, que tantas mães morrem nas sarjetas sem cuidados médicos nem assistência amiga de um familiar, e a sua genitora pode dispor de um hospital e de toda uma equipe de médicos e enfermeiros para atendê-la.

A senhora retrucou:

É, meu amigo, mas eu só sobrevivo à custa de dez remédios diferentes que tomo todos os dias...

O orador, que realmente desejava mostrar-lhe que tinha motivos para agradecer,

respondeu compassivo:

Veja a senhora que existem tantas pessoas que não têm recursos para comprar um único remédio para aliviar a dor, enquanto a senhora pode comprar dez...

Por fim, a senhora entendeu que tinha motivos de sobra para agradecer a Deus por tudo...

* * *
Deus nos dá sempre o de que necessitamos,

embora nem sempre seja o que gostaríamos de receber.

É que Deus sabe o que é melhor para nosso progresso.

Como Pai justo e bom, não leva em conta nossas reclamações e oferece-nos

sempre um novo dia repleto de oportunidades para que gravitemos para Seu amor,

que é fonte inesgotável de bênçãos.

(Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira)

FILHOS BRILHANTES...



Bons filhos conhecem o prefácio da história dos seus pais, filhos brilhantes conhecem os capítulos mais importantes das suas vidas.

Bons filhos se preparam para o sucesso, filhos brilhantes se preparam para enfrentar derrotas e frustrações.

Bons filhos aprendem com seus erros,
filhos brilhantes aprendem também com
os erros dos outros.

Bons filhos têm sonhos ou disciplina,
filhos brilhantes têm sonhos e disciplina.

Bons alunos aprendem a matemática
numérica, alunos fascinantes aprendem
a matemática da emoção.

Bons alunos são repetidores de informações,
alunos fascinantes são pensadores.

Bons alunos escondem certas intenções,
alunos fascinantes são transparentes.

Bons alunos se preparam para receber
um diploma, alunos fascinantes se
preparam para a vida.

"Eu discordo!


Protesto!


Eu enxergo a vida de outro modo!


Vamos construir o mundo de outra maneira!"



Frases como essas sempre foram produzidas pela juventude mundial

em muitas épocas da história.


Agora os tempos são outros.

A juventude se calou, se fechou, perdeu sua garra, seus sonhos, a capacidade de discutir, sua fé na vida, sua esperança num mundo melhor.

Os jovens sempre foram contestadores, sempre discordaram dos erros dos adultos, sempre lutaram positivamente pelo que pensam.


Hoje é raro!

Muitos deles amam o sistema social criado pelos adultos, sistema que os transforma em consumidores, que sufoca sua identidade e seus projetos.

É a geração que quer tudo rápido, pronto, sem elaborar, sem batalhas para conquistar.


É a geração que não sabe unir disciplina com sonhos, que procura usar processos "mágicos" para lidar com suas frustrações, que tem dificuldade em pensar antes de reagir.


Muitos jovens não têm proteção emocional.


Alguns são derrotados por uma área do corpo que rejeitam, outros porque as roupas não caem bem e ainda outros pelas rejeições, ciúmes, medo da perda, timidez, provas escolares, decepções, crise na relação com sua namorada ou namorado.

Você vai se surpreender ao perceber que os filhos brilhantes e os alunos fascinantes não são aqueles que são sempre bem comportados, que não falham, não choram ou não tropeçam.


Mas, aqueles que aprendem a desenvolver consciência crítica, decidir seus caminhos, trabalhar seus erros, construir tolerância, reconhecer suas dificuldades.


São os que choram, sim, quando necessário.


E por que não?


São os que constroem grandes sonhos e lutam pela concretização desses sonhos.


E, acima de tudo, são os que dão uma nova chance para si mesmos e para os outros

quando fracassam.


(Augusto Cury)

SOCORRO ÍNTIMO...



Padeces provavelmente grandes conflitos.

Tens a idéia de que os familiares não te compreendem.

Acreditas que os melhores companheiros te abandonaram.


Admites que estás vivendo entre aposentos fechados.

Sofres na solidão e perguntas como abrir tantas portas trancadas.


Entretanto, basta que te recolhas por dentro de ti mesmo e procures pelo apoio da humildade.

Com ela, encontrarás o segredo para que todas as portas se abram alegres, diante de ti.

(Francisco Cândido Xavier/Emmanuel)

VIDA ÍNTIMA...



Quando pensas na dor, invoca a presença do infortúnio.

Quando meditas no mal, intensifica-lhe o crescimento.

Quando refletes na tristeza, agiganta-se a amargura.

Quando te aconselha com a desconfiança, golpeias a própria fé.

Quando desejas prazeres inferiores, atrais a força tenebrosa que te servirá

em lastimáveis realizações.

Quando pensas, porém, na alegria do trabalho, o trabalho acrescentar-te-á alegria.

Quando meditas no bem, o bem virá em teu auxilio.

Quando te entendes com a fé, o otimismo e a segurança escudar-te-ão o espírito.

Não abandones o campo íntimo.

Teu desejo - tua meta.

Tua consciência - teu condutor.

De nosso próprio coração nasce a corrente que nos levará aos cimos resplendentes da vida ou aos escuros abismos da morte.

(Pelo Espírito Ismael Souto/ Francisco Cândido Xavier)


Livro Relicário de Luz.

PERCA O TEMOR...



Hoje em dia as pessoas, de um modo geral, temem muitas coisas e situações

e por isso se sentem inseguras.

Saem de casa só quando não tem outro jeito, por temer a violência.

Não fazem amigos porque temem se aproximar de alguma pessoa indesejável.

Deixam de conhecer alguém especial por temor de estreitar laços com estranhos.

Perdem oportunidades de adquirir novos conhecimentos porque temem

não ter capacidade para aprender.

Evitam expor seu verdadeiro caráter por temer o julgamento dos outros e a não aceitação.

Não se entregam a um grande amor por medo de sofrer.

Abdicam de ocupar uma posição melhor na empresa porque temem não dar conta do recado.

Não abrem mão de costumes e idéias cristalizadas por medo de enfrentar

o que é diferente ou é novo.

Deixam de fazer investimentos por temor de uma mudança brusca na economia.

Como se pode perceber, o temor é um grande obstáculo ao progresso e à felicidade de muitas criaturas, na face da Terra.

Assim, se você é uma dessas pessoas que guarda temor de alguma coisa, pense nas muitas vantagens que teria se superasse esse grande obstáculo.

Perca o medo de ser vulnerável e sinta a emoção de um abraço de ternura.

Perca o temor de trovoada, e admire os benefícios que os raios luminosos trazem

à atmosfera terrestre.

Perca o temor de ficar em silêncio e ouça a melodia dos anjos.

Perca o temor de viver o bem que já sabe e sinta a leveza de uma consciência tranqüila.

Perca o medo de ser simples e desfrute o prazer da verdadeira liberdade.

Perca o temor do vento, e observe a grande contribuição dessa maravilhosa força que espalha sementes e acalma o calor.

Perca o medo de perder tempo e viaje no murmurar de um riacho, alce vôo com as andorinhas, ouça a música do entardecer, fale com as estrelas,

diga à lua para levar um recado ao seu amor que está distante.

Perca o medo de se arriscar e retire as grandes lições que trazem as derrotas.

Perca o temor de superar seus limites e contemple os horizontes que estão além das montanhas.
Perca o medo do amanhã, e receba de presente o hoje.

Perca o temor de dar o primeiro passo e prepare-se para a alegria da chegada.

Perca o temor de não estar sempre com a razão e aprenda com a sabedoria dos outros.

Liberte-se do medo da morte e ganhe a imortalidade.

Abandone a culpa e prepare-se para as alegrias de uma vida de acertos.

Perca o medo de ser feliz, e abra-se para gozar tudo o que a vida oferece de útil e agradável.

Perca o medo de errar, e prepare-se para a chegada vitoriosa.

Perca o temor das cicatrizes e renda-se ao inebriante poder do amor.

Pense nisso!

Se você sente que o temor está sendo um empecilho a deter seus passos, livre-se dele e verá que o horizonte irá se abrir naturalmente.

E se, ao caminhar na direção desse horizonte, você perceber que ele se afasta de você na mesma proporção, não desanime, pois a finalidade do horizonte é essa mesma:


a de fazer você caminhar para frente e para o alto.


Sem temores nem incertezas.

Pense nisso!

(Texto da equipe de redação do momento espírita.)

AMA E SERVE...



GOSTOU DESTE GIF? No site Belas Mensagens tem centenas! CLIQUE AQUI E CONFIRA

A grandeza do amor repousa invariavelmente na conjugação do verbo servir.


- o -

Sem atividade incessante no bem, não conseguiremos derramar os valores do coração.




A própria natureza é um livro aberto nesse sentido.




Tudo, em torno de nós, é um cântico de trabalho em doações da Eterna Bondade que se evidencia no mundo, de mil modos diferentes em cada instante de nossa vida...






Por amar, em nome do Pai Misericordioso,
serve o sol, sustentando todas as criaturas;



serve o chão, nutrindo a sementeira;






serve a nuvem, criando a chuva benéfica;



serve o vento, a serviço de abençoadas fecundações;






serve a árvore, para que o bem estar do homem se consolide;




serve a flor, preparando a colheita;






serve a fonte, socorrendo a terra necessitada;






serve a pedra, garantindo a segurança do lar;




serve o pássaro, cooperando com o lavrador;






serve o mar, serve o rio, serve o adubo, serve o fogo...




Forças de Deus amparando a Humanidade ajudam em silêncio, sem retribuição e sem queixa...




Tudo porque o Divino Amor é devotamento,carinho, providência, abnegação...




- o -




Se desejas partilhar o concerto das bênçãos divinas, ama e serve, sem cogitar de ser amado e sem a expectação de ver-se servido...



- o -




Quem ama realmente nada pede, nada reclama, nada exige e nada procura senão a alegria do objeto amado, para que o amor se estenda, a multiplicar-se, soberano e sem fim.




- o -




Enquanto esperas o manto ilusório das considerações humanas,



teu amor sofre a vizinhança da vaidade.




Enquanto aguardas a compreensão dos outros, o teu amor experimenta a inquietante aproximação do egoísmo...




Ama simplesmente.






Ajuda sem paga.






Dá sem reclamação.



Auxilia sem exigência.






E, servindo cada vez mais, serás um dia surpreendido, em pleno campo de trabalho,



pelo Divino Servidor que te converterá com a sua luz em nova luz



para a Terra e para os Céus.






(Francisco Cândido Xavier/Emmanuel)

SER E PARECER ...



A essência, o ser em si mesmo, constitui a individualidade, que
avança mediante o processo reencarnatório, adquirindo
experiências e desenvolvendo as aptidões que lhes jazem inatas,
heranças que são da sua origem divina.

A expressão temporária, adquirida em cada existência corporal, com
as suas imposições e necessidades, torna-se a personalidade de que se
reveste o espírito, a fim de atingir a destinação que o aguarda.

A primeira tem o sabor da eternidade, enquanto a outra é transitória.

No âmago do ser encontra-se a vida pulsante, imorredoura, embora, na
superfície, a aparência, o revestimento, quase sempre difere da estrutura que
envolve.

A individualidade resulta da soma das conquistas, através do êxito como do
insucesso, logrados ao largo das lutas que lhe são impostas.

A personalidade varia conforme a ocasião e as circunstâncias, os
interesses e as ambições.

Esta passa, enquanto aquela permanece.

Máscara, forma de aparecer, a personalidade se adquire sem
transformação substancial, profunda, ocultando, na maioria das vezes, o que
se é, o que se pensa, o que se aspira.

Legítima, a individualidade se aprimora, qual diamante que fulge ao atrito
abençoado do cinzel.

A personalidade extravasa, formaliza, apresenta.

A individualidade aprimora, realiza, afirma.

À medida que o ser evolui, mergulha no mundo íntimo, introspectivamente,
desenvolvendo os valores que dormem em embrião e se agigantam.

O exterior desgasta-se e desaparece.

O interior esplende e agiganta-se.

A semente que morre semente, não viveu, não realizou a missão que lhe estava
reservada: multiplicar e produzir vida.

A gema, sem lapidação, jamais fulgura.

Faze a tua indagação à vida, em torno da tua destinação.

Quem és hoje e o que pretendes alcançar?

Cansado da aparência, realiza-te intimamente e desata as aptidões
superiores que aguardam oportunidade e cresce para as finalidades elevadas da
Vida.

Tenta ser, por fora, conforme evoluis por dentro, sendo a pessoa gentil, mas
nobre, fulgurante e abnegado, afável todavia leal.

Tua aparência, seja também tua realidade, esforçando-te, cada vez mais, para
conseguir a harmonia entre a individualidade e a personalidade,
refletindo os ideais de beleza e amor que te vitalizam.

[Joanna de Ângelis/[Divaldo Franco]

SAUDADES E AMOR...



Ante as lembranças queridas dos entes amados que te precederam na Grande Transformação, é natural que as tuas orações, em auxílio a eles, surjam orvalhadas de lágrimas.

Entretanto, não permitas que a saudade se te faça desespero.

Recorda-os, efetuando, por eles, o bem que desejariam fazer.

Imagina-lhes as mãos dentro das tuas e oferece algum apoio aos necessitados.

Lembra-lhes a presença amiga e visita um doente, qual se lhe estivesses atendendo à determinada solicitação.

Distribui sorrisos e palavras de amor com os irmãos algemados a rudes provas, como se os visses falando por teus lábios e atravessarás os dias de tristeza ou de angústia com a luz da esperança no coração, caminhando, em rumo certo, para o reencontro feliz com todos eles, nas bênçãos de JESUS, em plena imortalidade.

(EMMANUEL/ Francisco Cândido Xavier)

CARIDADE...








Caridade é, sobretudo, amizade.

Para o faminto -- é o prato de sopa.


Para o triste -- é a palavra consoladora.


Para o mau -- é a paciência com que nos compete auxiliá-lo.


Para o desesperado -- é o auxílio do coração.


Para o ignorante -- é o ensino despretensioso.


Para o ingrato -- é o esquecimento da ingratidão.


Para o enfermo -- é a visita pessoal.


Para o estudante -- é o concurso no aprendizado.


Para a criança -- é a proteção construtiva.


Para o velho -- é o braço irmão.


Para o inimigo -- é o perdão.


Para o amigo -- é o estímulo.


Para o transviado -- é o entendimento.


Para o orgulhoso -- é a humildade.

Para o colérico -- é a calma.


Para o preguiçoso -- é o trabalho.


Para o impulsivo -- é a serenidade.


Para o leviano -- é a tolerância.


Para o deserdado da Terra -- é a expressão de carinho.

Caridade é amor, em manifestação incessante e crescente.


É o sol de mil faces, brilhando para todos, e o gênio de mil mãos,
amparando, indistintamente, na obra do bem, onde quer que se encontre,
entre justos e injustos, bons e maus, felizes e infelizes,
porque, onde estiver o Espírito do Senhor aí se derrama a claridade
constante dela, a benefício do mundo inteiro.

(Emmanuel / Francisco Cândido Xavier)

MIGALHAS...

Recados para Orkut


Não te digas inútil,
Que nada podes dar.



Mesmo de mãos vazias,
Temos o amor que ampara.


Uma frase, por vezes,
Renova muitas vidas.


Gotas de sedativo
Anulam grandes dores.


A migalha que dês
Atrairá migalhas...


E, no pouco de muitos,
O Bem triunfará.


( Emmanuel / Francisco Cândido Xavier)

MAHATMA GANDHI...

"A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido.

Não na vitória propriamente dita."

"A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte !"

"A força não provém de uma capacidade física e sim de uma vontade indomável."

"A grandeza de uma nação e o seu progresso moral pode ser medido pelo modo como seus animais são tratados."

"A minha fé mais profunda é que podemos mudar o mundo pela verdade e pelo amor."

"Assim como uma gota de veneno compromete um balde inteiro, também a mentira, por menor que seja estraga toda nossa vida."

"A violência é o último recurso da incapacidade."

"Dai-me um povo que acredita no amor e vereis a felicidade sobre a terra."

"Deus responde à prece à sua própria maneira, não à nossa."

"É ocioso pensar sobre o justo o e injusto, o certo e o errado e os feitos passados.

O útil é analisar, e se possível extrair uma lição para o futuro."

"Não existe um caminho para a paz; a paz é o caminho."

"Nós devemos ser a transformação que queremos ver no mundo."

"Nunca perca a fé na humanidade, pois ela é como um oceano.

Só porque existem algumas gotas de água suja nele, não quer dizer que ele esteja sujo por completo."

"O amor é a força mais abstrata, e também a mais potente, que há no mundo."

"O único tirano que aceito nesse mundo é a pequena voz silenciosa que há dentro de mim."

"Para mim, as diferentes religiões são lindas flores, provenientes do mesmo jardim.

Ou são ramos da mesma árvore majestosa.

Portanto, são todas verdadeiras."

"Que a nossa mensagem seja a nossa própria vida."

"Se cuidamos do hoje, Deus cuidará do amanhã."

"Você deve ser o exemplo da mudança que deseja ver no mundo."

(Mahatma Gandhi)

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

NÃO VINGAR...



Pelos teus sofrimentos, não deves culpar ninguém
Se estás purificando, é porque alguma culpa tens
Se fizeres outros sofrer, em dobro sofrerás também
Pelos erros cometidos, os sofrimentos vêm

Acreditaste em quem não devias, conselhos não aceitaste
Em quem te aconselhou para o bem, para ouvir não paraste
Como estavas no escuro, fazer o bem não quiseste
Por isso tua alma e teu corpo, de todo sofrimento padece

Quantas vezes erraste, e de errar não desististe
Só não foste ajudado, porque conselhos não ouviste
Quem não ouve a Consciência, o seu fim sempre é triste
Principalmente o do orgulhoso, que do mal nunca desiste

Olhe em volta de ti, e veja quem mais te ama!...
É aquele que exige tudo certo, que quando erras, reclama
Este sim é amigo sincero, e o que nunca te abandona
São as pessoas sinceras, que como Luz te acompanham

Se pudesses ver o covarde, atrás da máscara da face
Seus sentimentos imundos, e o que tem de crueldade
Verias o quanto é falsa, aquela fingida amizade
Verias que ele só quer, a tua infelicidade

Cuide bem das pessoas, que puramente tu amas
Te cuide também com aquelas, que desequilibradas se apaixonam
Podes estar sendo traído, por alguém que te engana
Procure ver o passado e o presente, seu exemplo e sua fama
Porque quando menos esperar, simplesmente te abandona

Não contrarie a Verdade, mesmo vindo de uma criança
Mesmo sendo repetitiva, quem pretende o bem não se cansa
A Verdade é Deus, que renova a Esperança
Daquele que sofreu do outro, uma terrível vingança

Não chore se foste ofendido, perdoe quem te ofendeu
Quem não sabe perdoar, não está em paz com Deus
Esqueceu Seus Mandamentos, e também de Sua Lei
Quem erra precisa de ajuda, é espiritualmente um plebeu
É perdoando que ensinas, com o bom exemplo teu.

(Otirípse Otnas – Espírito de Luz
Psicografada Pelo Médium Rui Souza).

MÁGOA...


Com mágoas e ódios que sentes, vais o teu corpo matar
Os primeiros a sofrer, são os teus órgãos vitais
Vais perdendo a resistência, por não te alimentar
Se não acabares com o ódio, vai contigo acabar

As doenças que aparecem, não poderás dominar
A fonte que gerou, é o teu próprio pensar
Vai passando para o corpo, até não poder suportar
Não produzirás anticorpos, para tua vida salvar
Não combaterá as doenças, o remédio que tomar
Quem não combater o ódio, doente sempre será

Toda saúde do homem, está naquilo que pensa
Não poderás ter saúde, se pensas só em doenças
O remédio é a luz, quando positivamente pensas
Desperte o amor no teu próximo, para que o mal desapareça
Não pergunte quem é, nem a cor e a crença
Dê com a tua mão direita, e que tua esquerda não veja

Vencerás todas as batalhas, dentro e fora de ti
Quando pensas positivo, ajudas todos aqui
Com bom exemplo ensinas, o bom caminho seguir
Ensinarás a se levantar, aquele que cair

Usarás a luz divina: fé, humildade e amor
Ensinarás a usar as grandezas, que dentro de ti ficou
Aquelas que também, dentro de todos Deus deixou
Só não conseguiu usar, quem nunca acreditou

Manterás teu corpo são, quando positivamente pensar
Quando definitivamente, os maus pensamentos afastar
Quando estiveres suficientemente preparado, para as provações aceitar...
O peso da tua cruz, aos poucos diminuirá
Imitarás Jesus Cristo, com o bom exemplo que dás

Em todos os momentos da vida, faça só bons pensamentos
Quem pensa no bem de todos, tem de Deus merecimento
Não sente ódio nem mágoa, a todos vai compreendendo
Afasta os maus fluídos, e só tem bons sentimentos
Leva àqueles que sofrem, fé, amor e alento

Jôe Luiz - Espírito de Luz
Psicografada Pelo Médium Rui Souza.

VITÓRIA...



As conquistas são adquiridas através
De vitória,
Mas as vitórias são conseqüências
De atos corajosos.

A audácia é um ato ousado,
Mas nem toda ousadia é
Coragem.


Ser corajoso requer um
Pouco de inteligência, destreza, sagacidade
Finura, intrepidez ser um bravo.

E a tudo isso juntos chamamos de
VALOR!!!!!!!

(Autor desconhecido)

A EXISTÊNCIA DA VIDA...


Quando sentir vontade de sorrir,


olhe para uma criança e veja que sorriso lindo que ela tem.


Quando sentir vontade de chorar,


olhe para um deficiente e veja que sorriso belo que ele tem apesar de sua deficiência.


Quando se sentir triste,


olhe para trás, e veja quantas coisas boas você construiu.


Muitas vezes, deixamos de olhar para as coisas mais simples da vida, que nos dão prazer, para nos apegar a coisas fúteis sem nenhum valor.


Quando se sentir só, pense em Deus, e você não estará mais só.


Quando alguém te magoar, não retribua, apenas deseja que ele seja feliz.


Quando um mau pensamento surgir, ore, e você terá a bênção do céus.


Colhe todos os sentimentos bons que você tem e coloque em um só versículo e leia com atenção, e você vai sentir a força das palavras bem ditas.


Quando você pensar em não mais existir, lembre-se, você não tem esse poder.


Quando você pensar que tudo se acabou, é porque você não olhou a luz que veio lá de cima,

para te cobrir.


A existência faz parte da vida.
Se há vida, então existimos.


Se existimos, é porque há vida!


(Autor desconhecido)

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

SIGA EM FRENTE...


Não percas a tua fé entre as sombras do mundo.


Ainda que os teus pés estejam sangrando, segue
para a frente, erguendo-a por luz celeste, acima
de ti mesmo.


Crê e trabalha.


Esforça-te no bem e espera com paciência.


Tudo passa e tudo se renova na terra,
mas o que vem do céu permanecerá.

De todos os infelizes os mais desditosos
são os que perderam a confiança em Deus e
em si mesmo, porque o maior infortúnio é
sofrer a privação da fé e prosseguir vivendo.


Eleva, pois, o teu olhar e caminha.

Luta e serve. Aprende e adianta-te.


Brilha a alvorada além da noite.

Hoje, é possível que a tempestade te amarfanhe
o coração e te atormente o ideal, aguilhoando-te
com a aflição ou ameaçando-te com a morte...


Não te esqueças, porém, de que amanhã será
outro dia.


(Desconheço o autor)

OS SAPINHOS...





Se existem três sapos numa folha, e um deles decide pular da folha para a água,


quantos sapos restam na folha?


Resposta certa: três sapos!




Porque o sapo apenas decidiu pular mas ele não fez isso.



Às vezes a gente não se parece com o sapo?




Quando decidimos fazer isso, fazer aquilo e no final não fazemos nada!




Na vida temos que tomar muitas decisões.




Algumas fáceis, outras difíceis.



Rir é correr o risco de parecer tolo.



Chorar é correr o risco de parecer sentimental.




Abrir-se para alguém é arriscar envolvimento.



Expor as idéias e sonhos é arriscar-se a perdê-los.




Amar é correr o risco de não ser amado.



Viver é correr o risco de morrer.




Ter esperança é correr o risco de se decepcionar.



Tentar é correr o risco de falhar.




Os riscos precisam ser enfrentados porque o maior fracasso na vida é não arriscar nada.



A pessoa que não arrisca nada, não faz nada, não tem nada, é nada.




Ela pode evitar o sofrimento e a dor mas não aprende, não sente,


não muda, não cresce, não vive.




É uma escrava que teme a liberdade.


Apenas quem arrisca é livre.



(Desconheço o autor)

COMETAS E ESTRELAS...



Cometa na noite - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5


Há pessoas estrelas; há pessoas cometas.


Os cometas passam.



Apenas são lembrados pelas datas que passam e retornam.


As estrelas permanecem.


Os cometas desaparecem.


Há muita gente cometa.


Passam pela vida da gente apenas por instantes, gente que não prende ninguém

e a ninguém se prende.


Gente sem amigos.


Gente que passa pela vida sem iluminar, sem aquecer, sem marcar presença.



Há muita gente cometa.


Assim são muitos e muitos artistas.




Brilham apenas por instantes nos palcos da vida.


E com a mesma rapidez com que aparecem, também desaparecem.


Assim são muitos reis e rainhas de todos os tipos.


Reis de nações, rainhas de clubes ou concurso de beleza.


Assim são pessoas que vivem numa mesma família e que passam pelo outro

sem serem presença.


Importante é ser estrela.


Estar presente.


Marcar presença.


Estar junto.


Ser luz.


Ser calor.


Ser vida.


Amigo é estrela.


Podem passar os anos, podem surgir distâncias, mas a marca fica no coração.




Coração que não quer enamorar-se de cometas que apenas atraem olhares passageiros.


E muitos são cometas por um momento.


Passam, a gente bate palma e desaparecem.


Ser cometa é não ser amigo.






É ser companheiro por instantes.






É explorar sentimentos.




É ser aproveitador das pessoas e das situações.




É fazer acreditar e desacreditar ao mesmo tempo.




A solidão de muitas pessoas é consequência de que não podem

pontar com ninguém.






A solidão é resultado de uma vida cometa.






Ninguém fica todos passam.




E a gente também passa pelos outros.




Há necessidade de criar um mundo de estrelas.






Todos os dias poder vê-las e senti-las.






Todos os dias poder contar com elas.






Todos os dias ver sua luz e calor.




Assim são os amigos.






Estrelas na vida da gente.






Pode-se contar com eles.






Eles são uma presença.






São aragem nos momentos de tensão.






São luz nos momentos escuros.






São pão nos momentos de fraqueza.






São segurança nos momentos de desânimo.




Olhando os cometas é bom não sentir-se como eles.






Nem desejar-se prender-se em sua cauda.






Olhando os cometas é bom sentir-se estrela.




Marcar presença.






Ter vivido e construído uma história pessoal.






Ter sido luz para muitos amigos.






Ter sido calor para muitos amigos.




Ter sido calor para muitos corações.



Ser estrela neste mundo passageiro, neste mundo cheio de pessoas cometas, é um desafio, mas acima de tudo uma recompensa:




É NASCER E TER VIVIDO E NÃO APENAS EXISTIDO.




(Desconheço o autor)

O CÉU E O INFERNO...



Um homem sobre seu cavalo e o seu cão, caminhavam por uma estrada.


Depois de muito caminhar, esse homem se deu conta de que tanto ele quanto o seu cão haviam morrido num acidente.

Às vezes os mortos levam tempo para se dar conta de sua nova condição...

A caminhada era muito longa, morro acima, o sol era forte

e eles ficaram suados e com muita sede.


Precisavam desesperadamente de água.


Numa curva do caminho, avistaram um portão magnifico, todo de mármore,

que conduzia a uma praça calçada com blocos de ouro, no centro da qual havia

uma fonte de onde jorrava água cristalina.


O caminhante dirigiu-se ao homem que numa guarita, guardava a entrada.

- Bom dia, ele disse.

- Bom dia, respondeu o homem.

- Que lugar é este, tão lindo?... ele perguntou.


- Isto aqui e o céu, foi a resposta..

- Que bom que nós chegamos ao céu, estamos com muita sede, disse o homem.

- O senhor pode entrar e beber água a vontade, disse o guarda, indicando-lhe a fonte.

- Meu cão também está com sede!!!

- Lamento muito, disse o guarda.


- Aqui não se permite a entrada de animais.

O homem ficou muito desapontado porque sua sede era grande.


Mas ele não beberia, deixando seu fiel amigo com sede... e assim, prosseguiu seu caminho...


Depois de muito caminharem morro acima, com sede e cansaço multiplicados, ele chegou a um sítio, cuja entrada era marcada por uma porteira velha semi aberta.


A porteira se abria para um caminho de terra com árvores dos dois lados

que lhe faziam sombra.


À sombra de uma das árvores, um homem estava deitado, cabeça coberta com um chapéu, parecia que estava dormindo.


- Bom dia, disse o caminhante.

- Bom dia, disse o homem.

- Estamos com muita sede, eu e meu cão...


- Há uma fonte naquelas pedras, disse o homem e indicando o lugar.

- Podem beber a vontade.

O homem e o seu cão, correndo alegremente, foram até a fonte e.... saciaram a sede!!!

- Muito obrigado, ele disse ao sair.

- Voltem quando quiserem, respondeu o homem.

- A propósito, disse o caminhante, qual é o nome deste lugar?


- Céu, respondeu o homem.


- Céu???...

Mas o homem na guarita ao lado do portão de mármore, disse-me que lá era o céu!

- Aquilo não é o céu, aquilo é o... inferno!!!


... e o caminhante ficou perplexo!!!


- Mas então, disse ele, essa informação falsa deve causar grandes confusões.

- De forma alguma, respondeu o homem.


Na verdade, eles nos fazem um grande favor, porque lá ficam aqueles que são capazes de abandonar seus melhores amigos...


(Desconheço o autor)

A LÍNGUA...



Não obstante pequena e leve, a língua é indubitavelmente, um dos fatores determinantes no destino das criaturas.


Ponderada, favorece o juízo.


Alegre, descortina a imprudência.


Triste, semeia o desânimo.


Generosa, abre caminho à elevação.


Maledicente, cava despenhadeiros.


Gentil, provoca o reconhecimento.


Atrevida, traz perturbação.


Serena, produz a calma.


Fervorosa, impõe confiança.


Descrente, invoca a frieza.


Bondosa, ajuda sempre.


Cruel, fere implacável.

Sábia, ensina.


Ignorante, complica.


Nobre, tece o respeito.


Sarcástica, improvisa o desprezo.


Educada, auxilia a todos.


Inconsciente, gera amargura.


"Não procures o argueiro nos olhos do teu irmão, quando trazes uma trave nos teus".

A língua é bússola de nossa alma, enquanto nos demoramos na Terra.


Conduzamo-la na romagem do mundo para a orientação do Senhor, porque em verdade,

ele é a força que abre as portas do nosso coração às fontes luminosas da vida

ou às correntes escuras da morte.


(André Luiz)

O SONHO...



Sonhe com aquilo que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.

Dificuldades para fazê-la forte.


Tristeza para fazê-la humana.


E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes não tem as melhores coisas.


Elas sabem fazer o melhor das oportunidades
que aparecem em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.

Para aqueles que se machucam
Para aqueles que buscam e tentam sempre.


E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passaram por suas vidas.

Clarice Lispector

PRISÃO...



A maior prisão que podemos ter na vida é aquela quando a gente descobre que estamos sendo não aquilo que somos, mas o que o outro gostaria que fôssemos.

Geralmente quando a gente começa a viver muito em torno do que o outro gostaria que a gente fôsse, é que a gente tá muito mais preocupado com o que o outro acha sobre nós, do que necessariamente nós sabemos sobre nós mesmos.

O que me seduz em Jesus é quando eu descubro que nele havia uma capacidade imensa de olhar dentro dos olhos e fazer que aquele que era olhado reconhecer-se plenamente

e olhar-se com sinceridade.


Durante muito tempo eu fiquei preocupado com o que os outros achavam ao meu respeito.


Mas hoje, o que os outros acham de mim muito pouco me importa (a não ser que sejam pessoas que me amam), porque a minha salvação não depende do que os outros acham de mim,

mas do que Deus sabe ao meu respeito."

(Padre Fábio de Melo)

A DOR...



As memórias amargas não podem nos aprisionar.


Elas fazem parte da vida - como o sorriso, o por do sol, o instante de oração.

Curioso é que esquecemos rápido nossas alegrias, embora sempre façamos com que o sofrimento dure mais do que o necessário.

A dor é uma ótima desculpa para problemas que não conseguimos resolver, passos que não tivemos coragem de dar, decisões que adiamos.

A dor faz parte da vida - como faz parte a alegria, a fome, e a vontade de sonhar.


Não adianta fugir, porque ela termina nos encontrando.

Mas sua única função é nos ensinar algo.


Aprendemos suas lições, e isso basta.

Toquemos para frente.

Não vamos nos castigar com memórias amargas.


Não vamos sofrer duas vezes, quando podemos sofrer apenas uma.

(Paulo Coelho)

SÊ...



Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,
Sê um arbusto no vale mas sê
O melhor arbusto à margem do regato.


Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.

Se não puderes ser um ramo, sê um pouco de relva
E dá alegria a algum caminho.

Se não puderes ser uma estrada,
Sê apenas uma senda,
Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.


Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...
Mas sê o melhor no que quer que sejas.

(Pablo Neruda)

O OTIMISTA E O PESSIMISTA...


Olhando pela janela - Recados e Imagens para orkut, facebook, tumblr e hi5


O pessimista diz que a chuva resultará em lama;

O otimista diz que ela assentará a poeira.



O otimista diz que está melhor hoje;

O pessimista diz que estava pior ontem.

Quando o otimista vê uma abelha, diz que lá vai o produtor de mel;

O pessimista diz que lá vai o animal que ferroa.

O otimista diz que está feliz por estar vivo;

O pessimista sente pena por ter que morrer.

O pessimista diz que um dos teus pés é maior que o outro;


O otimista diz que um dos teus pés é menor que o outro.

O otimista descobre o bem no mal;


O pessimista descobre o mal no que é bom.

Numa empresa fabricante de sapatos, trabalhavam dois vendedores.

Um deles era otimista.


O outro, pessimista.


Ambos foram enviados a um longínquo país africano para investigar a possibilidade

de vendas naquele local.


Após certo tempo, o pessimista enviou um telegrama à empresa, dizendo:


- Más notícias.



Aqui ninguém usa sapatos.


Ao mesmo tempo, o otimista enviou esta mensagem para a empresa:



- Boas notícias!



Aqui ninguém usa sapatos!

Conclusão:


O otimismo nos leva a encarar a vida positivamente, a "fazer das tristezas, riquezas a mais,

e do pranto, uma canção".



Quanto ao pessimismo...



é derrotismo prático, suicídio psicológico, filho do desespero e pai da dissolução.


(Desconheço o autor)

POR QUE SOFRER?...




Por que entristecer-se com o rigor do inverno,
se a primavera está à espreita
para abrir-se toda em cores e amores?

Por que viver reprisando nefastas
lembranças do passado,
se a vida aí está à nossa frente e urge em ser aproveitada?

Por que fechar o coração a novas conquistas,
se nascemos para amar, amar... e amar?

Por que insistir no frio da solidão
e não curtir o calor de um aconchego?

Por que isolar-se do mundo e
não se abrir à salutar convivência de amizades verdadeiras?

Por que entregar-se ao desânimo do aperto financeiro,
se temos em nós todo o potencial para enfrentar desafios?

Por que viver obcecado pelo problema de saúde de hoje
e não projetar-se no otimismo
que é o caminho para a cura de todos os males?

Enfim... Como disseram os grandes Poetas:


"não posso escolher como estou me sentindo agora...
mas posso escolher o que fazer a respeito!"
"A dor pode ser inevitável... mas o sofrimento é opcional".



(Oriza Martins)